17/05/2022
spot_img
InícioRaças de cachorroFila Brasileiro - Primeiro cachorro a ter a raça reconhecida

Fila Brasileiro – Primeiro cachorro a ter a raça reconhecida

O Fila Brasileiro detém a distinção de ser a primeira raça tipicamente brasileira a ser reconhecida internacionalmente.

Além de uma das poucas até o momento. Apesar de ter o lugar de origem correto, como o nome indica, não se sabe quais raças foram usadas para criar este colosso.

Segundo alguns historiadores, o Mastim Inglês, o Cachorro Santo Humberto, o BloodHound, o Bulldogs e o já extinto Cachorro Fila da Terceira – a raça portuguesa originária da Ilha Terceira do arquipélago dos Açores – estavam entre as raças que supostamente formaram o DNA da a raça nacional.

O que é mais certo é que esses animais datam da época da colonização brasileira e foram amplamente utilizados para a caça no século XIX, capturando bois, ovelhas e felinos (como a onça).

Eles também foram usados ​​para prender escravos que fugiam de grandes fazendas e para proteger as reuniões das tropas de escoteiras.

Eles têm sido usados ​​como cachorros de guarda e companhia ao longo dos anos, e sua lealdade para com seus tutores é uma de suas melhores qualidades.

Os primeiros padrões da raça foram estabelecidos em 1946, mas a FCI (International Cynological Federation) não reconheceu a raça até 1983, quando já estava em seu terceiro padrão estabelecido, que ainda está em vigor.

Popularidade internacional da raça de cachorro Fila Brasileiro

O Fila Brasileiro atingiu seu pico de popularidade nos lares brasileiros durante as décadas de 1980 e 1990. Eles se tornaram mais escassos com o passar do tempo.

Embora o Fila Brasileiro seja considerado uma raça leal e dócil no Brasil, foi proibido em alguns países do mundo, inclusive na Europa, por ser considerado uma raça perigosa.

O Fila Brasileiro está proibido ou sujeito a restrições em vários países, incluindo Dinamarca, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia e Noruega.

Veja ainda: Dicas para adaptar o cachorro à nova casa – Confira!

A personalidade do grande cachrro brasileiro “Fila”

O Fila Brasileiro é um cão grande e intimidante que pode assustar algumas pessoas. A verdade é que este cachorro é uma criatura calma, gentil e protetora.

No entanto, como ele pode não lidar bem com a abordagem de estranhos, pessoas ou animais, se ele acredita que eles representam uma ameaça para você e sua família.

Esse instinto protetor pode fazer com que pareça agressivo. Para resolver isso, é fundamental socializar o animal desde filhote.

O Fila se dá muito bem com crianças de todas as idades, mas a interação com menores deve ser supervisionada.

Por ser um cão grande que pode atingir 75 cm de altura e pesar mais de 50 kg, algumas brincadeiras podem acabar machucando alguém – a criança ou o cachorro.

Fila é um cachorro muito inteligente que aprende truques rapidamente, mas também pode ser teimoso às vezes, indicando que é um cão com uma personalidade forte.

Não se trata de um cão para espaços pequenos, e requer um tutor com experiência e atitude positiva, pois, além de ser grande, também é cheio de energia.

O Fila necessita de exercícios regulares, como caminhadas e jogos, para ajudar a de- estresse o animal de estimação e reduza quaisquer problemas de excesso de peso.

Saiba também: Como proteger e acalmar cachorro com medo de chuva

Curiosidades sobre o Fila Brasileiro

Dunga foi o primeiro Fila Brasileiro a ser levado para a Europa em 1954. Alberto, duque da Bavária, mandou levá-lo pelo criador Dr. Paulo Santa Cruz, que havia importado alguns cães do Canil Parnapuan.

O Fila Brasileiro foi representado pela figura do “Txutxuco”, mascote que acompanhava a apresentadora Xuxa em programas infantis da época.

Inclusive tendo uma música com a “Dança do Txutxuco”, fato que aumentou a popularidade da raça em todo o Brasil no Brasil. Tempo.

Em pinturas do século 19, o perfil de caça do Fila Brasileiro foi retratado.

Fila é derivado do verbo “filar”, que significa “agarrar, segurar”. A raça também era conhecida como “Mastim Brasileiro” ou “Co Fila”.

Veja mais: Confira 8 dicas para ser um bom vizinho quando tem um cachorro

Fila Brasileiro Primeiro cachorro a ter a raça reconhecida
Fila Brasileiro Primeiro cachorro a ter a raça reconhecida /Créditos da foto: Istockphoto

Cuidados necessários com saúde e bem-estar

Alguns Filas podem ter mais ou menos dobras, o que exige atenção redobrada para mantê-los secos e evitar a propagação de fungos e bactérias que causam problemas de pele no animal.

Os banhos são necessários apenas uma vez por mês para este animal, ou uma vez a cada dois meses no inverno.

Escove os pelos uma vez por semana para mantê-los saudáveis ​​e livres de pelos mortos.

Para evitar problemas como infecções de ouvido caninas, as orelhas devem ser verificadas e limpas semanalmente.

O cão deve ser levado ao veterinário o mais rápido possível se houver sinais de alteração.

O Fila Brasileiro é um cachorro geralmente saudável, sem problemas genéticos significativos.

Isso pode fazer com que o cão fique acima do peso. Como resultado, exercícios diários e uma dieta bem balanceada são essenciais.

Por ser um cachorro de porte grande, o exercício não deve ser exagerado, pois já está sujeito a problemas como a displasia da anca.

A torção gástrica (que exige alimentação cuidadosa e evitar atividades físicas após uma refeição) e a cardiomiopatia dilatada (caracterizada por alterações no músculo cardíaco que levam à falha no bombeamento do sangue) são problemas comuns em “cães gigantes”.

Por ser um cão dócil e de grande porte, os pais costumavam colocar seus filhos nas costas desses cães para brincar de “cavalo” nas décadas de 1980 e 1990.

Essa é uma prática perigosa que pode causar sérios danos à coluna vertebral do animal.

Um cão desta raça pode viver uma vida longa e feliz se receber os devidos cuidados e visitas ao veterinário regularmente.

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe em suas redes sociais! Aproveite para nos seguir e curtir: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Confira ainda: Sabe qual é o cachorro mais caro do mundo? Descubra aqui!

5/5 - (1 vote)
Renan Bernardihttps://cachorrolegal.com
Renan Bernardi é o tutor da cachorrinha "Laika". Também é jornalista e analista de conteúdos, formado em marketing pela EACH-USP, sendo uma das pessoas responsáveis por atualização de canais de comunicação do portal www.cachorrolegal.com. Renan integra o time de Marketing & Operações especializado em conteúdos sobre animais e outros assuntos relevantes, para todos os amantes do mundo pet.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES