17/05/2022
spot_img
InícioDicas para cachorroRiscos da ração a granel para à saúde do seu cachorro

Riscos da ração a granel para à saúde do seu cachorro

Você sabia disso? Que ração a granel pode oferecer riscos para saúde de seu cachorro? Descubra tudo, lendo nosso artigo aqui!

Tais riscos podem estar escondidos, principalmente nos alimentos que são muitas vezes armazenados e expostos de forma inadequada.

Esses alimentos, como a ração a granel para cachorros podem conter inúmeras fontes de bactérias, além de fungos que provocam crises de diarreia até problemas neurológicos.

Descubra os perigos por trás das rações a granel para cachorros

Muitos donos de animais de estimação compram rações a granel para cães e gatos a fim de economizar dinheiro.

Além de evitar o desperdício de comida comprando um grande pacote de ração, que o animal não poderá consumir antes da data de validade.

Em muitas instalações de alimentação, no entanto, esse alimento pode ser encontrado dentro da embalagem aberta ou em recipientes separados, abertos e expostos.

Os alimentos são contaminados e os animais são prejudicados com esse armazenamento, portanto, há vários motivos pelos quais rações não devem ser comprados nessas condições.

Leia ainda: Sabe qual é o cachorro mais caro do mundo? Descubra aqui!

Alimentos expostos a granel perdem a qualidade e atraem bacterias

De acordo com a médica veterinária Mayra Susenko, as embalagens de ração são projetadas e fabricadas especificamente para armazenar os alimentos, com o objetivo de preservar as qualidades nutricionais pelo maior tempo possível.

“Ao expor um alimento na luz ou ainda, em ambientes com umidade e calor, é natural que comecem passar por oxidação. Consequentemente perdem as suas propriedades principais, tornando-os mais suscetíveis à proliferação de microrganismos como bactérias e fungos, que podem causar desde diarreias até problemas neurológicos nos animais,” diz Mayra.

Confira aqui: As nossas dicas em fantasias de Natal para cachorro

Riscos de contaminação por insetos e roedores

Além de atrair outros animais, como roedores e insetos, alimentos abertos, como rações e lanches, sofrem os efeitos da oxidação.

“Como alguém pode dar a garantia de que tal ração, que tenha sido aberta e comercializado, possa ser seguro para consumir?”, questiona a veterinária.

Ao contrário da ração que abrimos em casa, onde sabemos quando foi fabricada e a armazenamos com a maior segurança, nem sempre é possível confiar que os estabelecimentos comerciais farão o mesmo.

Quando alimentado por mais tempo do que o recomendado, o alimento perde crocância, cheiro e sabor, bem como uma porção significativa de seus nutrientes, como vitaminas e proteínas; “no final, o animal acaba comendo apenas ‘farinha’”, diz ela.

Saiba ainda: Por que os cachorros gostam de seguir os donos? Descubra!

A importância do armazenamento correto dos alimentos para cachorro

Diferentes tipos de nutrição, para animais castrados ou não castrados, são fornecidos em embalagens diferentes. É fundamental armazenar adequadamente esses itens, evitando misturar os alimentos.

Mayra Susenko explica que existe uma chance de que os alimentos sejam contaminados, principalmente se as pessoas pegarem com as mãos.

“Devemos manter uma boa higiene do local e dos recipientes, tudo deve ser muito rigoroso e contínuo nesses casos de ração a granel; não deve haver contato direto com a mão sobre a comida, e os produtos devem ser cobertos o maior tempo possível”.

Segundo ela, existem fungos, bactérias e vírus no ar, na mão, e no próprio coletor de ração podem contaminar facilmente os alimentos.

Leia ainda: Dicas para praticar exercícios de corrida com cachorro – Confira!

Saiba qual o método correto de armazenamento

Mesmo que você compre o produto em uma embalagem lacrada, ela será aberta quando você chegar em casa.

Segundo a veterinária, a melhor forma de armazená-lo é mantê-los em sua embalagem original, o mais hermeticamente fechado possível, ao abrigo da umidade, luz e outros animais.

“Se quiser colocar em um pote de armazenamento, coloque o pacote com a ração dentro do pote, bem fechado,” instrui.

As embalagens podem não ser atraentes, mas é importante lembrar que, ao contrário dos potes, elas foram projetadas para servir a um único propósito: armazenar e proteger aquele alimento específico.

O que achou de nosso conteúdo? Se quiser pode compartilhar em suas redes sociais, aproveite para seguir-nos: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Veja também: Caminha para cachorro: ofereça mais conforto para seu pet

5/5 - (1 vote)
Renan Bernardihttps://cachorrolegal.com
Renan Bernardi é o tutor da cachorrinha "Laika". Também é jornalista e analista de conteúdos, formado em marketing pela EACH-USP, sendo uma das pessoas responsáveis por atualização de canais de comunicação do portal www.cachorrolegal.com. Renan integra o time de Marketing & Operações especializado em conteúdos sobre animais e outros assuntos relevantes, para todos os amantes do mundo pet.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES