17/05/2022
spot_img
InícioDicas para cachorroPodemos dar ossos aos cachorros? Descubra tudo aqui!

Podemos dar ossos aos cachorros? Descubra tudo aqui!

Então, será que você é daqueles que gostam de dar ossos para cachorros?

Calma, você não está sozinho nessa! Esse é um hábito de muitos brasileiros, servir aquele ossinho saboroso para o amigo de quatro patas.

Muitos gostam de dar ossos aos cachorros como um tratamento, uma distração ou até mesmo um meio de alimentá-los.

Por outro lado, alguns ossos são perigosos para animais de estimação e podem causar ferimentos graves.

Ossos não oferecem valores nutritivos para cachorros

Os ossos não contêm nenhum valor nutritivo, mas os cães os preferem frescos porque contêm sobras de carne.

Os cachorros preferem mastigar as pontas da cartilagem porque retêm o sabor e o valor nutricional da carne.

Também é uma tarefa divertida para os animais, ao mesmo tempo um alivio para os donos, porque o cão fica muito ocupado com o osso e, portanto, gasta energia.

Se der osso para seu cachorro evite oferecer os pequenos

Porém, o tutor deve ter cuidado e nunca oferecer ossos menores que cabem na boca do animal, ou ossos muito finos – como ossos de galinha – porque quando o cachorro morde, formando lascas que tem pontas afiadas.

Se for dar ossos aos cachorros, certifique-se de que sejam grandes o suficiente para que não se quebrem na boca.

“Essas pontas não só podem perfurar a cavidade oral (como o céu da boca e bochecha), mas também podem perfurar o trato digestivo. Especificamente, esôfago e estômago ”, explica o veterinário Raphael Clímaco.

Além dessas lesões, o animal pode sufocar, sendo necessária cirurgia para sua retirada.

Se o tutor realmente deseja dar um osso para seu cão, o veterinário recomenda o uso de ossos longos, como uma parte do joelho do fêmur ou da canela do boi.

Os ossos devem ser longos o suficiente para que o cachorro não consiga colocar todo ele na boca e não devem produzir farpas quando roídos.

Os cães gostam de cartilagem porque contém traços do sabor da carne.

Esses ossos são vendidos em pet shops já tratados. Raphael Clímaco enfatiza que “ossos de couro” também estão disponíveis, mas não são recomendados porque são simplesmente uma mistura de gorduras, corantes e sabores que os cães consideram atraentes.

Se gostou desse conteúdo, então compartilhe: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Leia ainda: Confira 8 dicas para ser um bom vizinho quando tem um cachorro

5/5 - (1 vote)
Renan Bernardihttps://cachorrolegal.com
Renan Bernardi é o tutor da cachorrinha "Laika". Também é jornalista e analista de conteúdos, formado em marketing pela EACH-USP, sendo uma das pessoas responsáveis por atualização de canais de comunicação do portal www.cachorrolegal.com. Renan integra o time de Marketing & Operações especializado em conteúdos sobre animais e outros assuntos relevantes, para todos os amantes do mundo pet.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES