17/05/2022
spot_img
InícioDicas para cachorroDicas úteis de segurança de Natal para animais de estimação

Dicas úteis de segurança de Natal para animais de estimação

A segurança no natal para seu cachorro é fundamental, por isso preparamos esse conteúdo com vários conselhos importantes.

Confira nossas dicas de como ter um natal harmonioso com seus cachorros e demais animais de estimação.

É fundamental ter todas as precauções necessárias, para manter seus cachorros e gatos seguros nesta temporada.

Afinal, você e a sua família desejam acordar, para ver o que o Papai Noel deixou sob a árvore na manhã de Natal sem dores de cabeça, não é mesmo?

Embora as festividades natalinas sejam agradáveis ​​para os humanos, elas podem ser perigosas para os membros peludos de nossa família. Não deixe uma ida ao veterinário de emergência estragar o seu Natal!

Aqui estão algumas dicas de segurança de Natal para manter a família de seus animais de estimação seguros nesta temporada de férias.

A árvore de Natal é à prova de animais de estimação?

A árvore de Natal pode ser o epicentro dos perigos da época, para seu animal de estimação.

Deixar de tornar sua árvore de natal à prova de animais de estimação, pode resultar em dores de cabeça, ferimentos dolorosos, contas veterinárias catastróficas ou mesmo tragédias.

Os donos de cachorros e gatos devem ficar de olho em seus animais de estimação ao redor da árvore o tempo todo.

Monte sua árvore em um cômodo que possa ser facilmente fechado quando não estiver em casa, se possível.

Muitos donos de animais de estimação também usam um portão improvisado ou uma porta de bebê para evitar que seus animais de estimação subam na árvore.

Caninos e felinos com uma natureza curiosa vão querer investigar a estranha árvore que apareceu em suas salas de estar.

Cachorros e gatos são conhecidos por tentar pular na árvore, ou até mesmo dentro dela, o que pode facilmente fazer com que ela caia no chão.

Para evitar um desastre perigoso com a derrubada de uma árvore, certifique-se de que a árvore esteja firmemente ancorada.

Verifique o suporte da árvore diariamente, para ter certeza de que tudo esteja nos seus devidos lugares.

Use um gancho de teto e linha de pesca para prender a árvore ao teto para maior segurança.

Leia mais: Ideias para um quarto confortável de cachorro em casa

Evite colocar árvore de Natal com plantas vivas

Se você estiver trazendo pinheiros, abetos vivos para dentro da sua casa, certifique-se de que o reservatório de água dentro do suporte da árvore esteja fora do alcance de cães e gatos.

Conforme a árvore bebe água, ela pode liberar seiva tóxica para o suporte, o que os animais de estimação consideram atraente.

Pesticidas e aditivos de água para fertilizantes, incluindo aspirina, são usados ​​para preservar muitas árvores frescas.

Como os gatos não têm uma proteína necessária em seus fígados para quebrar a aspirina, isso pode ser fatal.

Embora às vezes a aspirina seja prescrita por veterinários para cães para tratar uma variedade de doenças, em excesso pode ser fatal.

Cubra o suporte da árvore completamente com papel alumínio e uma saia bem embrulhada para evitar o acesso.

Luzes de Natal devem ser manuseadas com cuidado

Embora as luzes e bugigangas que você usa para decorar sua árvore de Natal e sua casa sejam lindas, elas podem ser perigosas para seu animal de estimação.

Animais de estimação podem morrer facilmente por eletrocussão, ferimentos internos ou obstrução intestinal após comer um lanche decorativo, de acordo com veterinários.

Certifique-se de que as luzes estão firmemente presas à árvore, e que os cabos estão fora do alcance da boca do seu animal de estimação curioso. O acesso a quaisquer cabos ou fios pendurados deve ser restrito.

Confira também: 7 dicas de segurança para passear de barco com seu cachorro

Os ornamentos têm potencial para matar seu cachorro

Você pode pensar que esses são enfeites de árvore inofensivos, mas cachorros os veem como brinquedos em potencial em uma exibição de diversão.

Mastigar enfeites pode causar ferimentos graves, como cortes na boca, garganta e sistema digestivo.

Quando as aparas de árvores, como guirlandas e enfeites de Natal, são comidas, elas podem causar bloqueios gastrointestinais que podem ferir ou até matar seu animal de estimação.

Saiba mais: Como proteger seu cachorro de perigos durante as caminhadas

Escolha plantas que sejam seguras para o Natal

Se ingeridas, as plantas populares de natal, como azevinho, visco e amendoim, podem ser venenosas.

Quando ingeridas, as saponinas tóxicas das variedades inglesas e asiáticas da planta do azevinho podem causar sérios problemas gastrointestinais.

As visotoxinas do visco não devem ser cheiradas; comer as folhas ou frutos desta popular planta de Natal pode causar problemas estomacais e diminuir os batimentos cardíacos.

Como a flor da amendoim só é tóxica em grandes quantidades, sua reputação como a planta de Natal mais perigosa é um tanto imerecida.

No entanto, a seiva branca leitosa da poinsétia pode causar diarreia, salivação excessiva e vômito em animais de estimação, colocando sua saúde em risco.

Lírios em buquês de Natal e arranjos florais são extremamente perigosos para animais de estimação, especialmente gatos.

Bastam algumas mordidas em um lírio para os felinos desenvolverem uma insuficiência renal potencialmente fatal.

Essas plantas adoráveis, mas perigosas, provavelmente devem ser evitadas por pais de animais de estimação que se preocupam com a segurança de seus animais de estimação.

Veja ainda: Plantas comuns que são venenosas para cachorros

Mantenha doces e presentes fora do alcance dos cachorros

Nesta temporada de férias, certifique-se de que suas meias estejam devidamente penduradas na chaminé; brinquedos infantis, embalagens para presentes e doces devem ser mantidos fora do alcance o tempo todo.

Entre em contato com seu veterinário imediatamente, se você suspeitar que seu animal de estimação comeu algo que não deveria neste período de festas.

Se ocorrer algum dano ou lesão após o expediente, mantenha os números de telefone do hospital veterinário de emergência mais próximo à mão.

Finalmente, se você tiver alguma dúvida sobre substâncias potencialmente nocivas ingeridas por seu animal de estimação, ligue para a linha direta de emergência ou para seu veterinário.

Que precauções você está tomando para garantir a segurança de seus animais de estimação nesta temporada de festas?

Você tem algum conselho adicional para donos de animais de estimação? Por favor, deixe-nos saber na seção de comentários abaixo!

Se desejar, também pode compartilhar esse conteúdo: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Leia também: Socorro! Meu cachorro consumiu maconha o que faço?

Rate this post
Renan Bernardihttps://cachorrolegal.com
Renan Bernardi é o tutor da cachorrinha "Laika". Também é jornalista e analista de conteúdos, formado em marketing pela EACH-USP, sendo uma das pessoas responsáveis por atualização de canais de comunicação do portal www.cachorrolegal.com. Renan integra o time de Marketing & Operações especializado em conteúdos sobre animais e outros assuntos relevantes, para todos os amantes do mundo pet.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES