17/05/2022
spot_img
InícioDicas para cachorroDescubra se osso de boi faz bem para cachorro - Confira!

Descubra se osso de boi faz bem para cachorro – Confira!

Está em dúvida se osso de boi faz bem para cachorro? Vamos descobrir tudo, para manter nosso amigo de quatro patas sempre saudável e bem nutrido.

Embora os ossos sejam considerados um deleite para um cachorro, muitos donos não têm certeza se um osso de boi é albo bom para um cão.

Um suprimento natural de cálcio e fósforo poderia ser prejudicial ao nosso cachorro?

Cachorro pode comer osso? Quais os riscos para os animais de estimação?

A carne deve ser o principal componente da dieta do cachorro. No entanto, é aconselhável que o corpo do animal obtenha proteínas, carboidratos, minerais, vitaminas e aminoácidos de vegetais e grãos.

Ossos e cartilagem são omitidos desta lista de refeições necessárias, apesar do fato de que os cachorros, como seus predecessores selvagens, precisam de dietas sólidas.

De acordo com especialistas, cães que consomem apenas alimentos moles (industriais ou naturais) são mais propensos a desenvolver problemas dentais e gengivais.

Este último exige uma carga, que fornece refeições sólidas. Carnes cozidas, cereais e vegetais não fornecem tanta carga quanto carnes crus, cereais e vegetais e, sem o treinamento e a chamada massagem, as gengivas enfraquecem e, eventualmente, perdem o controle do osso do dente, resultando em seu afrouxamento precoce perda.

Morder os ossos ajuda a remover a placa antes que endureça e fortaleça a gengiva e a estrutura óssea.

Os ossos da carne bovina e suína são uma boa fonte de cálcio e outros oligoelementos exigidos pelo corpo do animal.

O cálcio nos ossos demonstrou ser mais biodisponível do que o cálcio em outras refeições ou suplementos.

Se os ossos são um tesouro nutricional tão grande, por que os médicos hesitam em sugerir se devem ou não dá-los aos filhotes?

Confira aqui: Curiosidades: saiba quanto tempo vive um Chihuahua

Qual é o risco associado a alimentar o cachorro com um osso?

Por outro lado, os cães geralmente rangem os dentes sobre ossos duros e o estômago vazio produz líquido gástrico. Isso pode resultar em azia.

Os cachorros são frequentemente levados às pressas para a clínica veterinária com uma variedade de ferimentos sofridos enquanto roem um osso.

Se for particularmente difícil para um cão mastigar um osso, os ossos pequenos não podem sustentar dentes poderosos e fragmentos afiados podem perfurar o esôfago, estômago e intestinos, causando ferimentos e hemorragia interna perigosa.

É por isso que os ossos que vamos mostrar na lista abaixo, não devem ser dados a animais de estimação cachorros e gatos:

  • Frango;
  • Gansos, patos e perus;
  • Coelho;
  • Peixes.

Veja mais: É verdade que cachorros podem sentir a morte iminente?

Partes ou ossos quebrados podem obstruir a traqueia, ferir as membranas mucosas da boca e obstruir os intestinos da traquéia – todos os quais já são fatais para o animal. A cirurgia imediata é necessária para evitar que o cão morra de obstrução intestinal.

Outro perigo potencial é a peritonite, uma inflamação da cavidade abdominal causada por fragmentos pontiagudos do sistema digestivo. Ele se manifesta da seguinte forma:

  • Recusa em consumir alimentos;
  • Estado de letargia e depressão;
  • Vomitar;
  • Perda de peso significativa;
  • Sede aumentada;
  • Aumento da quantidade diária de urina;
  • Dor abdominal.

Quais ossos estão completamente seguros para os cachorros?

Além de aves e peixes, os especialistas desaconselham a oferta de ossos de porco para cães.

Existem duas causas principais para isso. Uma delas se deve ao risco de infecção por helmintos e ao alto teor de gordura da carne.

Leia ainda: Logo após morte de seu dono cachorro herda US$ 5 milhões

Quando oferecer um osso de boi a um cachrro e como fazê-lo

Porque os ossos são sempre um perigo para um cachorro, você só deve oferecê-los ao seu animal de estimação em uma ocasião rara, uma ou duas vezes por mês é suficiente.

E, talvez o mais significativo, os cães só podem consumir guloseimas na companhia de seu dono. Isso permitirá que você forneça os primeiros socorros ao animal e chame seu veterinário rapidamente em caso de acidente.

Certas fases nas raças de cachorro são incapazes de consumir ossos. Os agrupamentos restritos de animais incluem o seguinte: Filhotes e Cachorros idosos.

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe em suas redes sociais com seus amigos! Também aproveite para nos seguir e curtir: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Veja ainda: Dogo Argentino: conheça tudo sobre essa raça de cachorro

5/5 - (1 vote)
Renan Bernardihttps://cachorrolegal.com
Renan Bernardi é o tutor da cachorrinha "Laika". Também é jornalista e analista de conteúdos, formado em marketing pela EACH-USP, sendo uma das pessoas responsáveis por atualização de canais de comunicação do portal www.cachorrolegal.com. Renan integra o time de Marketing & Operações especializado em conteúdos sobre animais e outros assuntos relevantes, para todos os amantes do mundo pet.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES