10/08/2022
spot_img
InícioDicas para cachorroCachorro fica triste? Descubra essa e outras curiosidades

Cachorro fica triste? Descubra essa e outras curiosidades

Será que cachorro fica triste? Hoje vamos falar um pouco sobre esse assunto. Com certeza os animais de estimação favoritos da maioria das pessoas são os cães, correto?

Pensando nisso, embora cachorros sejam os queridinhos, por outro lado, poucas pessoas percebem esse comportamento de tristeza em seus bichos de estimação.

A verdade é que, muitos não notam quando seu filhote está um pouco triste, ou passando por momentos depressivos.

Hoje, no Blog Cachorro Legal, vamos destacar algumas características para que você entenda os motivos do seu cão ficar triste, e como remediar a situação.

Quais são as causas mais comuns do porque um cachorro fica triste?

Animais de estimação, como humanos, são infelizes e emocionais da mesma forma.

Em outras palavras, eles experimentam medo, agonia, desespero e melancolia. Isso pode ser atribuído a uma variedade de circunstâncias, incluindo:

  • Sentimentos de solidão ou abandono;
  • Maus tratos;
  • Fome ou exaustão;
  • A morte de outro animal ou seu dono, com quem formou vínculo.

Reconheça algumas das tristes indicações que seu animal de estimação pode apresentar.

Cachorro fica triste por diversos motivos

Em primeiro lugar, é fundamental enfatizar a importância de levar seu animal de estimação ao veterinário regularmente.

O médico do seu amigo de quatro patas, pode descobrir distúrbios físicos ou doenças ligadas à tristeza do seu cão, além de fatores emocionais.

Para isso, fique atento aos indicadores mais comuns de tristeza que seu cão pode apresentar:

  • Quando um cão se recusa a comer ou beber porque está com fome ou com sede;
  • O isolamento ocorre quando ele deixa de interagir com outros animais, inclusive você.
  • Sono excessivo: quando dorme o dia inteiro ou parte significativa dele;

Quando seu companheiro chora e chia por longos períodos de tempo, isso mostra fraqueza e solidão.

Aprenda a animar a si mesmo e seu animal de estimação em tempos difíceis

Além disso, é fundamental entender que você é a pessoa favorita do seu cão e que sempre poderá ajudá-lo.

Como resultado, é sempre importante observar os sinais do seu parceiro. Isso para que você possa ficar mais tranquilo e prestar a maior assistência possível.

Da mesma forma, conhecer técnicas para animar seu amigo cão em momentos estressantes é crucial, como:

Manter sua companhia e demonstrar amor e carinho;

Chame a atenção dele usando brinquedos e, se isso não funcionar, tente algo novo com vários brinquedos.

Certifique-se de que ele receba comida e água suficientes.

Mantenha uma boa higiene, mantendo tudo limpo e arrumado.

Agora que já sabe dessas dicas, que tal compartilhar as informações com seus amigos no perfil do Facebook?

Pode também dar uma olhadinha em nossa versão Web Stories desse conteúdo, clicando aqui!

Rate this post
Renan Bernardihttps://cachorrolegal.com
Renan Bernardi é o tutor da cachorrinha "Laika". Também é jornalista e analista de conteúdos, formado em marketing pela EACH-USP, sendo uma das pessoas responsáveis por atualização de canais de comunicação do portal www.cachorrolegal.com. Renan integra o time de Marketing & Operações especializado em conteúdos sobre animais e outros assuntos relevantes, para todos os amantes do mundo pet.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES